Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2010

ESTRATÉGIAS PARA VENCER O INIMIGO

Nos dois primeiros versículos do texto de referência da lição desta semana está escrito: “Se não fora o Senhor, que esteve ao nosso lado, ora diga Israel: Se não fora o Senhor, que esteve ao nosso lado, quando os homens se levantaram contra nós...” No último diz: “Então as águas altivas teriam passado sobre a nossa alma”.
Nesta passagem o salmista apresenta de forma metafórica a situação de perseguição pela qual Israel vinha sofrendo, e como Deus com sua mão forte o livrou de todos os seus inimigos.
Ao citar Israel como exemplo de sofrimento, perseguição e vitória, o faço apenas para deixar claro que assim como esse povo vem no decorrer da história, sofrendo várias perseguições, mas, ao mesmo tempo, obtendo vitórias sobre seus inimigos, os cristãos também sofrem várias perseguições. Mas como disse o Apóstolo Paulo, em todas elas somos mais do que vencedores. E isso, não por nossas próprias forças, mas por Jesus Cristo nosso Senhor.
É certo que muito embora Israel tenha se tornado imbatív…

VENCENDO OS CONFLITOS

Dentre os problemas sociais existentes na atualidade nada se compara aos conflitos. Os meios de comunicação quase que não se ocupam em noticiar outra coisa. Mostram tantos casos de violência que os tele-jornais já se tornaram sinônimo de casos policiais. Há pessoas, por exemplo, que já não querem mais assisti-los devido a tantos casos horripilantes que são apresentados. Não seria o fim do mundo? Bem, por um lado podemos afirmar que sim, pois segundo as Escrituras, o aumento da intensidade e freqüência desses casos são indícios da volta de Cristo. Mas uma coisa é certa, os conflitos existem desde os primórdios. O primeiro caso de homicídio foi o de Caim que matou seu irmão Abel; daí para cá os registros do A. T. nos surpreendem com conflitos das mais variadas dimensões e categorias.
A origem dos conflitos está em primeiro lugar relacionada à falta de amor entre as pessoas. O amor tem se tornado superficial e condicionado alguma forma de interesse egoísta. O ser humano em sua maioria sof…

CUIDADO COM A OPRESSÃO DO INIMIGO

Desde que Lúcifer e a terça parte dos anjos se rebelaram contra o governo de Deus no céu, o mundo passou a experimentar o efeito de duas forças, a do bem e a do mal. A do bem representada por Deus e a do mal por satanás e seus anjos.Deus por seu imenso amor e bondade construiu para seus filhos (Primeiro casal), um jardim onde reinava a paz, harmonia e um verdadeiro gozo de felicidade. O jardim era realmente um paraíso onde os filhos de Deus pudessem ter ao seu alcance tudo o que fosse necessário para a sua sobrevivência e conforto, mas, o inimigo de Deus, como já tinha sido jogado do céu abaixo e sabendo que não tinha condições de lutar contra o próprio Deus, procurou, a partir do Édem, destruir a felicidade que reinava em seus corações. Tal objetivo foi alcançado quando com sua sagacidade fez com que eles desobedecessem à lei divina. A partir daí, Satanás que significa adversário, passou a oprimir a raça humana causando-lhe mortes, dores, opressões e sofrimentos. Conduzir à humanidad…

DEUS CHAMA GIDEÃO PARA LIBERTAR ISRAEL

Em toda a história da humanidade Deus precisou de homens para fazer cumprir seus propósitos. Nos dias anteriores ao dilúvio convocou Noé para fazer uma grande arca com o objetivo de salvar homens e animais da destruição e garantir a preservação das espécies; escolheu Moisés para libertar os israelitas da escravidão egípcia; o Rei Ciro da Pérsia para libertar os judeus cativos do Império babilônico, e muitos outros.Ao referir à história de Israel no tempo do Antigo testamento, principalmente na época da teocracia, temos muitos exemplos de homens e mulheres que foram escolhidos por Deus para exercerem cargos importantes como foi o caso de: Josué, Jefté, Sansão, Eúde, Débora, Samuel, etc. Na época dos Juízes existe um nome que merece uma atenção especial pelo fato da pessoa a quem me refiro, tratar-se de alguém sem expressão social, seu nome é Gideão, - um nome pouco representativo para a sociedade daquela época, mas que muito representava para Deus.O fato de Deus ter chamado Gideão para…